Elis Regina

Não adianta.

Antes dela era uma expectativa, depois dela restou carência. Elis Regina foi a maior cantora brasileira de todos os tempos.

Nada se compara a Elis. Nem tentem achar paralelo, desistam de achar uma sucessora. Nem Maria Rita, nem ninguém. Elis é uma espécie de alinhamento de planetas. Pena ter morrido tão cedo. Pena as novas gerações não terem sido levadas por seus pais aos shows de Elis.

Energia, talento, senso de palco e de grupo. Artista, não celebridade. Coloco abaixo, dois vídeos interessantíssimos. Um ao vivo no festival de Montreaux e outro retirado do programa Ensaio, da TV Cultura. No primeiro, uma mostra do que Elis fazia ao vivo. No segundo, vemos a cantora contando como as Águas de Março apareceram em sua vida.

Ivetes, Danielas, Claudias, Anas Carolinas e tantas outras. Como diria o Capitão Nascimento: Peçam pra sair.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Fila e a Oportunidade

Todos os Junhos do Ano

Veraneou