Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

Filme

Filme original
Que nem sei  o final
Sou o ator principal 
Deste filme B
De baixo orçamento
E de entretenimento
Às vezes faz chorar do drama
Às vezes faz rir da trama
Tombos, capotagens e lutas
Tudo sem duble
Horas herói, horas vilão
Quero ganhar o Oscar de viver
Luz, câmera, ação.

O Sacrifício da Felicidade

Sacrifício e felicidade são coisas que nos remetem a situações opostas. Mas uma está no caminho da outra. Buscar a verdadeira felicidade requer alguns sacrifícios. E a questão que vem é o que a verdadeira felicidade e o que é sacrifício. 
Eu diria que verdadeira felicidade é aquela que sua. Um tanto egoísta? Discordo. Afinal, é impossível fazer os outros felizes sem ser essencialmente feliz. Esta felicidade não depende de padrões, rigores ou dogmas impostos pela família, credo ou pela sociedade. Até porque os cenários mudam e com eles os modelos. Parece óbvio, mas muitos confundem felicidade com aceitação. Ser aceito em um grupo, num relacionamento ou até mesmo na própria família não tem relação direta e proporcional com a felicidade. Muito me preocupa quando vejo alguém garimpar a sua felicidade na mina do outro. Aí é que mora o perigo. 
Por ter que cumprir uma regra que não é essencialmente sua, há um sacrifício grande em renunciar, em se deformar e até se diminuir para se enquadrar n…

A Musa

Especulam, perguntam, mandam mensagens, alguns fazem piada. Tudo bem. Os mais diretos perguntam explicitamente se estou apaixonado, o que está acontecendo. Tem de tudo, algumas suposições absurdas. Acho graça... A verdade é que, sim, existe alguém que me inspira a escrever as coisas que escrevo. As coisas de amor e as que não são de amor, as prosas e as não prosas. 
Ela está lá. Ela, ao ler, percebe-se a si mesma. Tento com minhas palavras construir um mosaico com a sua imagem, cada fragmento tem algo dela. Existe um contorno bem definido, uma conexão com fatos, momentos e sentimentos. Tem as nuances e, como num quadro, tem suas cores, luzes e sombras. Foi a maneira que achei de fazê-la perto de mim. Foi o caminho que escolhi seguir até ela, a musa. Por que não uma musa? Não vazia e hetéria. Mas de carne, ossos, sonhos, defeitos e limitações. Humana, como qualquer uma. Mas única. Porque me fez lembrar do que eu tinha de melhor e me ajudou a descobri o que de bom eu tenho e não sabia.
Me…

Vive pouco...

Quem não faz piada
Não liberta a risada E nunca fez uma palhaçada

Quem não beija apaixonado Mas como se fizesse obrigado Pela sociedade escravizado
Com medo de ser questionado

Quem não se arrisca por amor
Quem não chora por amor
Quem faz loucura por um amor
Esse não sabe o que é amor

Quem tem medo da situação mudar
Ainda que seja doído na mesma ficar E que seu maior sonho custar
Quem tem medo de gente
Que não toma chuva por temer ficar doente
E foge do que é diferente

Quem só acredita nos planos
Que chora por baixo dos panos
E faz do sorriso exposto um engano

Quem não dança nem deixa dançar
Que acha que já morreu a sua interna criança e a dos outros quer matar
E que se remói no desejo de vingança, sendo que nada vai edificar


Quem a dogmas se prende
Que o imprevisto não compreende Quem à surpresa não se rende E à rotina se vende

Quem ao próximo não estende a mão
Quem não tem um amigo que parece um irmão
Nem sabe que pra sempre pode durar uma paixão

Quem confunde estabilidade com felicidade
Quem que esconde da verdad…

Grande Demais

Tens teu espaço em mim
Inegável 
És parte de mim
Imutável
Querer adequá-lo
Eu já fiz
Alguém para ocupá-lo
Tentativa infeliz 
Porque só tens a forma
No lugar tem teu nome marcado
Tú ditas a norma
Como pela eternidade determinado
Espaço amplo
Grande demais
Do tamanho que tua falta me faz
Gigante como da saudade os ais
Lugar que de nada se preenche
Que é vazio e lotado
Da coisa que só a ti e a mim pertence
É teu. E só para ti guardado

Medo de Barata

Muitas mulheres têm medo de barata. E muitas delas têm coragem de leoas. Só que, ao se depararem com o nojento e antipático bicho, esperneiam, gritam e se entregam a tantas outras expressões de pavor. Conheço uma que, de tanto pânico, desferiu tapas na pessoa mais próxima.

Eu não sei o que se passa na cabeça da mulheres quando surge uma barata na frente delas. Mas é assim, a nós homens só cabe nos acostumarmos com a situação. O melhor é não rir do medo. Todos nós temos medo de algo. Discutir sobre medo é perda de tempo. O medo de barata é grande, mas é menor que muita coisa que realmente importa. Obrigá-las a matar o asqueroso inseto é maldade que beira o sadismo. 
É mais fácil um homem ter medo de um tubarão do que de uma barata. Talvez, uma mulher tenha coragem de enfrentar o tubarão pelo qual ele se borra de medo. Então, que tal matar a barata e aplacar o medo de quem pode lhe ajudar a enfrentar o tubarão?

Os opostos se atraem?

Sempre ouvimos que os opostos se atraem. Principalmente para justificar algumas alianças absurdas que são feitas no campo dos relacionamentos. A cada dia que passa, eu vejo que esta lei do Eletromagnetismo não se aplica da forma que as pessoas julgam. Na Física, cargas elétricas de módulos opostos (positivo e negativo) se atraem. Nas relações humanas, isso pode ser um desastre.
Ela é libertaria, ele um machista inseguro. Ele tem um jeitão simpático e é cheio de amigos, ela não demonstra qualquer vontade em cultivar uma vida social saudável. Um tem sonhos e se esforça para alcançá-los, enquanto o outro tem medo de arriscar para melhorar. Um é altruísta e o outro um parasita sentimental. As situações citadas são todas de união entre opostos cuja previsão de insucesso no relacionamento é quase óbvia. Podemos até pensar em exemplos mais amenos, que no final das contas vão chegar ao mesmo lugar. 
Os opostos exercem certa fascinação momentânea. Esse fascínio os aproxima, mas não os mantém. At…