Postagens

Mostrando postagens de Março, 2010

Sobrepeso

Corintiano é um ser engraçado. Eles mesmos se dizem loucos...

Ontem, reclamaram muito do Ronaldo. Xingaram o craque adiposo. Dizem que ele está perdendo muito gols e acima do peso. Parece piada, mas é verdade: estão reclamando porque o Fenômeno está gordo.

Ué! Mas ele já foi para o Curíntia gordo. Mais até do que atualmente. Estão reclamando do que, então? Não era bonitinho o fofinho fazendo gol? Perdeu a graça?

Como diria o saudoso Bussunda, o Ronaldo do Casseta & Planeta: Fala sério!

A Casa da Tijuca - 2: Nomes

Teve gente me perguntando o que era a tal casa da Tijuca. Teve gente que já conhecia a casa e entendeu na hora. Mas é necessário dar nome aos bois.

No caso, a casa é o Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil (STBSB). As notícias que de lá saem são as piores possíveis. Uma dívida de R$ 3 milhões. Seiscentos mil reais em mensalidades atrasadas. Pasmem, os estudantes — em grande parte assistidos por igrejas batistas — são parte do problema. Salários de funcionários atrasados. Estes, por sua vez, perdem o sono, o sossego, a paz e até as casas. As dívidas crescem, as do seminário e de seus funcionários.

E reclamar é proibido. Coisa do demo, já disseram...

No filme Advogado do Diabo, o próprio (interpretado por Al Pacino) diz o seguinte:
— O meu problema é que o assessor de marketing dEle é melhor que o meu.
Sinceramente, não acredito que o cramulhão tenha um marqueteiro. Mas estou começando a acreditar que tem gente querendo assumir a função. Sim, senhores, tem gente que acha que a insatis…

Mãos ao Alto, Rio!

A aprovação da emenda Ibsen pela câmara federal nesta semana foi uma bela facada nos estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Não sou capixaba, não moro por aquelas bandas. Portanto não me sinto à vontade para falar por parte de quem é daquele estado. Mas sou carioca até (ou melhor, desde) o osso, então me sinto no direito de falar o que penso da traquinagem aprontada em Brasília.

Como não bastasse o estrago prenunciado e assinado por Ibsen Pinheiro. Dizer que é injusto o Rio de Janeiro receber os royalties de petróleo, ao invés destes serem distribuídos por todos os estados da federação é um sinal de leviandade. Mais injusto ainda é o deputado gaúcho dizer que a manifestação de 150.000 fluminenses o fez lembrar a passeata que aconteceu no Rio quando os militares tomaram o poder em 1964 e as manifestações populares contra Oswaldo Cruz. Chega a ser insultante. Ainda mais se lembrarmos dos movimentos das Diretas Já e dos “cara-pintada”, no processo de impeachment de Fernando Collor…

A Casa da Tijuca - Parte 1

Era uma vez, certo lugar na Tijuca, cercado por uma paisagem bucólica, bem aos pés do Maciço. Esse lugar era considerado uma referência na formação de lideres de uma denominação protestante. De saíram grandes exemplos de respeito, postura e como ajudar as pessoas a se aproximarem genuinamente de Deus.

De uns tempos para cá, este lugar vem sendo mal tratado. E não falo somente do mato que cresceu ou do campo de futebol enlameado. Falo do que estão fazendo da instituição. Lá é uma casa de ensino, sendo assim, seus mestres e demais servidores são partes essenciais no seu existir. Entretanto, essa gente tão importante está perdendo o sono, chorando pelos cantos, sem palavras para explicar o (em tese) inexplicável. O livro mais estudado daquele lugar é a Bíblia. E nela está escrito: Digno é o trabalhador de seu salário (Lc. 10:7). Ensinaram a lição, mas não têm exercitado a aplicação.

A penúria da casa não vem de hoje, arrasta-se há quase duas décadas. O que parecia ser não era. Como deveria…

Bial pensa que é miau

Nesta semana, assisti o BBB 10 e descobri que a coisa mais esdrúxula desse programa está do lado de fora da casa. Pedro Bial está se transformando no maior velho babão da televisão brasileira. Ele não perde a oportunidade de cantar as mocinhas do programa.

Uma das coisas mais honrosas que um homem pode escolher para si é saber envelhecer. Isso não significa adotar o pijama e se alojar numa cadeira de balanço. Até porque tem muito velho cuja vida é bem mais interessante do que em seus tempos de juventude biológica. Há gosto para tudo. Tem mulheres que gostam de homens mais velhos, tem as que gostam de homens mais novos, tem os que não suportam gente mais velha e os que não têm a menor paciência e interesse pelos mais novos. Todas essas opções são passíveis de respeito, mas quem se aventura em gostos heterodoxos deve ter um pingo de semancol.

O Bial já é um cérebro desperdiçado na ancoragem daquele programa de miolos moles. Se entrar numa de ficar cantando as mocinhas em busca da fama vai…