Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

Restos Mortais

As pessoas que convivem comigo sabem do meu profundo incômodo com os porcalhões que sujam as ruas e com os fumantes que fumam em locais fechados e que jogam suas malditas guimbas de cigarro no chão das ruas.

Há uns 15 dias, tive um baita prejuízo causado por um exemplar da espécie. O tal, ao entrar num edifício, atirou os “restos mortais” de seu cigarro na rua. O detalhe é que ainda estava acesso e acertou em cheio o meu paletó. Queimou. Lá se foi um belo paletó azul-marinho de lã fria. Hoje, mais uma cena bizarra. Um jumento (Ops! Desculpem-me.), um senhor termina sua sessão de suicídio e joga o raio da guimba no chão. O inesperado da situação é que ele estava ao lado de uma lata de lixo. Ele chegou a se apoiar nela, enquanto esperava o sinal abrir!

Tem gente que me diz que estou ficando neurótico com isso. E devo estar mesmo. Vamos lá, uma coisa é escolher fumar, outra é não obedecer a regras simples de convivência em grupo. Os espaços públicos deveriam ser tratados como algo de todos…

A chata bajulação aos argentinos

Tudo bem, a Argentina teve uma vitória inconteste sobre a Coréia do Sul. Tem um ataque perigosíssimo e um cracaço de bola, Messi. Mas eu não compreendo essa adulação de alguns setores da imprensa brasileira com os argentinos.

Começa com essa mania de chamar nossos vizinhos de “hermanos”, coisa que eles não são. E se bobear, eles não nos consideram como tais. E vai até o apontamento precoce da Argentina como favoritíssima ao título. Estamos somente na segunda rodada. A Alemanha, que ganhou de goleada com um futebol vistoso, foi atropelada pela zebra sérvia. O futebol tem dessas coisas.

Como apreciador e acompanhante do futebol, jamais desmereceria a Argentina numa Copa do Mundo. Em 1990, com um lance (de Maradona) ela tirou o Brasil da competição, veio a empolgação e ela só foi detida na final pela Alemanha. Mas, muita calma nessa hora... Se o ataque da Argentina é um trator, a defesa é uma peneira. Quem conseguir passar pelo meio-campo, chegará ao gol facilmente. Lembremos do 3X1 do Bra…

Morninha, morninha.

A Copa está morna. França e Uruguai fizeram um jogo que em nada deixaram a dever uma partida ruinzinha do Campeonato Carioca — com direito ao botafoguense Loco Abreu e a cara-de-pau de Thierry Henry ao reclamar de um toque de mão do adversário. De bacana mesmo ontem foi o golaço de Tshabalala e a belíssima camisa da seleção mexicana. Mas camisa bonita e golaços não ganham campeonato.

Hoje, estréia dos medalhões Argentina e Inglaterra. Messi arrebentou, era para ser um passeio da Argentina, mas não combinaram com o goleiro nigeriano. Enyeama, vestido de amarelo (lembra alguma coisa?), fechou o gol e impediu uma goleada do hermanos. Ingleses e americanos fizeram um jogo interessante. A Inglaterra (com mais uma bela camisa em campo) fez o que a cartilha manda, mas abriram a porta da granja e um frango atrapalhou os planos dos súditos de Elizabeth II. Resultado, outro empate na primeira rodada.

Brasil... Mas um treinozinho, em segredo, fechado à imprensa. O que será que Dunga esconde tanto?…

Protejam os Craques

Em todas as versões da Copa do Mundo vemos casos de cortes por contusão. Mas, geralmente, são os cabeças-de-bagre que se machucam e são cortados de suas respectivas seleções. Há exceções, como os casos do zagueiro Mozer (1990 e 1994) de Romário (1998).

Só que parece que a exceção é regra nesta edição da competição. Baixas como David Beckham (Inglaterra), Michael Ballack (Alemanha), John Obi Mikel (Nigéria) e Michael Essien (Gana) são nomes que desfalcarão os campos da África do Sul. Isso sem contar o paraguaio Salvador Cabañas, carrasco do Flamengo na Libertadores, convocação certa, que foi vitimado por um tiro na cabeça, numa confusão de bar na cidade do México.

A bruxa parece continuar solta. Ontem, um japonês maluco acertou o cotovelo de Didier Drogba, da Costa do Marfim, que agora corre o risco altíssimo de não participar da Copa. Hoje, o holandês Arjen Robben, meio-campista de primeira linha, caiu sozinho e lesionou os ligamentos do joelho esquerdo. É realmente uma pena, menos craq…

Uma Exaltação à Elegância

Imagem
Caros leitores deste humilde sítio virtual, os que me conhecem mais proximamente sabem do meu apreço pela elegância. Elegância no sentido completo. No tratamento ao próximo, nos modos, nas relações comerciais e de trabalho e (claro!) na maneira de se vestir.

Os ingleses sempre foram mestres neste quesito. É só observar a maneira como a família real se veste, são modelos a serem seguidos. Até o desengonçado ex-premier Gordon Brown tem os ternos bem cortados e exibe uma bela coleção de gravatas.

A seleção de futebol inglesa embarcou para a África do Sul dando uma lição de elegância. Enquanto os escretes* de outros países desfilam seus moletons das marcas de material esportivo, os súditos de Elizabeth II dão um banho em sua indumentária. A foto ao lado mostra o momento do embarque. Ternos (trinômio calça-colete-paletó) na cor cinza, camisas azuis e gravatas pretas, todos muito bem ajustados. As belíssimas aeromoças em vermelho (a de cabelo castanho, à esquerda, com seu olhar intrigante, p…