Caminho

Cada dia, um passo
Eu traço, eu leio
O mapa que achei 
Do caminho que desviei
Mais perto, mais livre
Eu certo do que quero 
Cabeça erguida, vislumbro o que espero. 
Meu tesouro, minha certeza
Requer destreza, saber andar na escuridão
Deixar o estreito e mergulhar na imensidão. 
Caminho longo, de conhecimento
Jornada cheia de lembrança e esquecimento 
Prazeres e algum arrependimento
Estrada de encontrar o que não se sabe 
E o que se se perdeu. 
Chega no melhor lugar que tenho:
Eu. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Todos os Junhos do Ano

Brasil: Financiamentos versus Credibilidade

Cor da pele, a chave hermeneuta.