Acredita

Minha pequena tem medo de escuro. Busca logo um interruptor e se apavora quando falta luz. No corredor do andar tem um sensor de presença. Abrimos a porta e tudo escuro, o sensor demorou a acionar as luzes do corredor. Ela, que adora sair em disparada, travou e disse: “Papai, está escuro. Estou com medo.” O que dizer para ela?

Vai, filha! Acredita!

Ela acredita, ela corre, luzes acendem como mágica. Pulos e risadas de alegria e surpresa.

Essa é a vida. E essa tem que ser a nossa relação com o Pai.
Está escuro? Acredita.
Está difícil? Acredita.
Está se cansando? Acredita.
Se ninguém acredita? Acredita.
Se está deixando de acreditar? Volte atrás e...

Acredita.

Comentários

  1. Alexon, gostei do seu texto! Posso usá-lo para mandar para uma amiga que precisa voltar atrás e acreditar? Colocaria o seu nome como autor, é claro.

    ResponderExcluir
  2. Gabie, à princípio não vejo problemas. Mas você pode também enviar o link do blog.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Atenção: Acusações insultuosas, palavrões e comentários em desacordo com o tema da notícia não serão publicados e seus autores poderão ter o envio de comentários bloqueado neste blog.
Pense antes de escrever. Assine depois de escrever

Postagens mais visitadas deste blog

A Fila e a Oportunidade

Todos os Junhos do Ano

Veraneou